Adeus às fraldas: como está sendo o desfralde por aqui

img_0305

Na última sexta-feira completamos 2 semanas do início do desfralde da minha pequena. Ela está com 2 aninhos e 8 meses

e confesso que estava apavorada um pouco apreensiva, não sabia se ía dar certo, se ela estava pronta, e também estava me preparando psicologicamente para alguns dias limpando xixi no chão, sofá…

Mas sabe que foi muito tranquilo? Graças a Deus, foi muito mais tranquilo do que eu estava esperando.

Eu comprei um livro e comecei a ler, mas não consegui ler tudo (Qual mãe de toddler, trabalhando full-time e fazendo tudo em casa sem ajuda consegue ter tempo de ler um livro inteiro? :D). Como também já tinha pesquisado na internet, tinha mais ou menos um plano: A maioria dos textos que li, diziam que esse processo leva mais ou menos uns 3 dias, então aproveitei o feriado de Canada Day e tirei mais um dia de férias (sim, aqui você não precisa tirar todos os dias de férias de uma vez, você pode quebrar em dias ou até mesmo folgar meio dia. Legal, né?), pra ter uma margem maior se desse alguma coisa errada.

Também preparei um “kit desfralde”: comprei umas 20 calcinhas de início (e lavei tudo. Aqui dá pra comprar menos porque lava e seca rapidinho na máquina) e comprei também umas calcinhas da Goodnites que são usadas com tipo de absorventes, para usar a noite, além do penico.

img_0304

Como:

A sexta-feira chegou, e eu conversei com minha pequena: expliquei que a gente ía tirar a fralda, e que ela iria usar calcinha, igual a mamãe, e que o xixi e o cocô era pra ela fazer no penico, pra ela me avisar quando tivesse que ir.

Eu não fiz absolutamente nada nesse dia, passei o dia inteiro com ela, grudada! Eu adorei, e ela também! 🙂 Mas, obviamente, como era novidade, ela não usou o penico nenhuma vez nesse primeiro dia. Quando eu percebia que ela estava fazendo, eu a colocava no penico e explicava que era ali que ela precisava fazer xixi. Depois de usar, eu fazia uma festa, e ela levava o insert até o vaso sanitário, dava tchau pro xixi e dava a descarga. Haha! Acho que pra ela era uma brincadeira.

À noite, usamos a calcinha/fralda, mas ela acordou uma vez, perguntei se ela queria fazer xixi, ela disse que sim, e pela manhã, a fralda estava seca.

No segundo dia,  ela já sabia, e me avisava que precisava ir ao banheiro penico. E foi isso!! Acredita? Só tivemos um acidente no segundo dia. Ela tem acordado uma vez toda noite e usado o penico, e a fralda tem amanhecido seca. Eu fiquei com medo de sair com ela na primeira semana, mas no segundo sábado, fomos a biblioteca, e tudo correu bem.

O cocô foi um pouco mais complicado. Ela não fez por 4 dias, e na primeira vez, parecia que ela não entendia que era pra fazer no penico, ela achou estranho. Mas depois, parece que deu o “click” e foi isso.

Nessas 2 semanas, tivemos 3 acidentes, mas ainda estamos com a “fralda” pra noite, apesar de amanhecer seca. Quando saímos,  levo uma mochilinha com uma troca de roupa, lencinhos umedecidos e tenho sempre o penico no carro, “just in case”. Também comprei uma capinha pro car seat, do próprio fabricante. A maioria tem, e lembre-se que não se deve usar nenhum acessório no car seat que não seja aprovado pelo fabricante.

Dicas:

O nosso caso foi bem tranquilo, mas cada criança é única, umas levam mais tempo que outras. Aqui estão algumas dicas que achei muito válidas durante a minha pesquisa:

  • Tempo. Você precisa grudar no filhote esses primeiros dias, então, não tem celular, televisão… se puder providenciar comida para esse início, é o ideal, porque toda vez que a criança começar a fazer, você precisa coloca-la no penico e explicar que é ali que se faz. O bom é usar um fim de semana prolongado, ou nas férias.
  • Paciência. Os pais precisam estar “preparados” também. Acidentes vão acontecer, e você não deve brigar com a criança de jeito nenhum, ela está aprendendo.
  • Não use palavras negativas ou faça caras: Não diga que é nojento, ou coisas do tipo. A criança percebe e isso atrapalha.
  • Planejamento: Eu pesquisei bastante, comprei umas coisinhas que achei que iriam me ajudar, escolhi um fim de semana prolongado, deixei comida mais ou menos pronta para esses dias.
  • Rotina: Não comece o desfralde se a rotina da criança estiver mudando. Por exemplo, separação, escola nova, mudança de casa, nascimento de irmãozinho…
  • Roupas fáceis: A parada é agir rápido!
  • Não force: A ansiedade dos pais não deve ser transmitida pra criança. A minha vontade era de perguntar se ela queria ir ao banheiro a cada 5 minutos, mas me segurei. Eu pergunto quando vamos sair, ou quando ela vai dormir, geralmente quando eu sei mais ou menos que está na hora.
  • Pequenos prêmios/incentivos: Eu não usei, mas vi que muita gente usa incentivos, como adesivos, por exemplo. Quando a criança for ao banheiro, ela ganha um adesivinho pro xixi, e dois se fizer cocô. Outras usaram pequenos treats, tipo smarties. 🙂 Achei interessante, mas aqui bastou a festinha de dar tchau no banheiro 🙂
  • Faça o que seu coração mandar: Os pais conhecem seus filhos melhor do que ninguém. Os profissionais dizem que a maioria das crianças está “pronta” com mais ou menos 2 anos. Mas você como mãe/pai, conhece seu filho. Eu vi alguns sinais com minha filha, do tipo, falar que queria trocar a fralda, ou quando ela ficava quietinha…

Update (17 de agosto):

A pequena agora só usa o “penico da mamãe “. Comprei um banquinho e ela sobe e desce sozinha. O penico fica no quarto (ela acorda uma vez toda noite e faz xixi) e no carro quando saímos. Também comprei um redutor dobrável que levo sempre comigo, mas ainda não tenho uma opinião formada, não usamos ainda.

O car seat protector esquenta demais, e como não tivemos nenhum acidente no carro esse mês todo (inclusive com viagem a Niagara, resolvi tirar.

Lista de Produtos:

Aqui tem uma lista dos produtos que comprei e usei (estou usando) com minha pequena:

Livro:

Oh Crap! Potty training

Potty:

Summer Infant My Size Potty (Eu gostei desse porque ele tem a “descarga”, com som. Igual ao de “gente grande”, haha!)

Redutor infantil para assento sanitário:

The First Years Minnie Soft Potty Seat (Confesso que ela usou uma única vez, talvez use mais pra frente)

Car Seat Protector:

Diono Dry Seat (Temos usado, mas como não tivemos acidentes, não sei se funciona).

Underwear:

Comprei uma porção, todas de algodão e bem coloridas, pra chamar a atenção da pequena. Tem algumas com bichinhos e até personagens.

Goodnites Starter kit (Pra usar a noite)

Goodnite refills

You may also like...

Leave a Reply

%d bloggers like this: