Sistema educacional do Canadá

Já que mês que vem começam as aulas por aqui, vem saber tudinho sobre o sistema educacional do Canadá!

 

 

Um assunto muito importante para quem imigra para o Canadá é o sistema educacional. Para quem vem com filhos, ou pensa em ter filhos aqui, esse é certamente uma das principais preocupações.

No Canadá, a lei obriga os responsáveis a matricularem as crianças na escola, e também que se certifiquem que elas estão frequentando a mesma. A creche e o jardim de infância são opcionais, mas a partir da primeira série, a escola é obrigatória até o termino do ensino médio.

Mas diferente do Brasil, aqui não há um departamento federal ou um sistema nacional de educação. Os tipos de escola dependem da província onde você mora, mas algumas coisas são comuns em todas as províncias.

A educação é formada por 3 etapas:

Elementary School: Ensino Fundamental – geralmente para crianças com idade entre 5 e 12 anos e inclui:

  • Preschool – creche (opcional) – para crianças com idade entre 1 e 3 anos.
  • Jr e Sr Kindergarten – Jardim de infância – para crianças com 4-5 (ou 5 – 6 anos, dependendo da Província)
  • Grade 1 to 6 – Primeira à 6a série – crianças com idade entre 6 e 13 anos. Em Ontário, de Grade 1 até 8.

High School: Ensino Médio

  • Grade 7 to 12 – para crianças com idade entre 14 e 17 anos. Em Ontário, de Grade 9 até 12.

Pós-secundário: não são gratuitos, mas muitas instituições oferecem bolsas. Além disso, não existe “vestibular”. Para fazer um curso pós secundário, é necessário possuir as exigências solicitadas pela instituição.

College – similar aos nossos cursos de tecnólogo no Brasil, com 2 ou 3 anos de duração.

University – dependendo do curso, de 3 a 4 anos.

Custo das escolas

Preschool

As creches aqui são pagas (aqui em Toronto, os valores ficam aproximadamente entre C$1.000,00 e C$1.500,00 por mês, ou seja 798,69 e 1.198,04 US dólar), mas dependendo da renda da família e status no país, o governo subsidia parte do valor.

Elementary e High School

Em Ontário, escolas primárias e secundárias públicas, não tem custo de mensalidade para alunos que residem na província (residentes permanentes e cidadãos). Os livros e materiais são fornecidos pela escola, mas geralmente as escolas cobram taxas para que a criança participe de atividades extra-curriculares, como esportes ou passeios.

A maioria das crianças leva seu almoço e lanches para a escola. Mas algumas escolas tem refeitórios ou serviço de almoço, onde a refeição é paga.

Nas escolas católicas, o uniforme é obrigatório e custa em torno de C$300.00 por ano. (239,61 US dolar)

Para estudantes internacionais, o custo para estudar na escola pública em Toronto é de C$16.000,00 por ano (12.779,04 US dólar).

Post secondary

O ensino superior no Canadá não é gratuito. No caso dos colleges, alguns são públicos e outros, privados. Os cursos para residentes e cidadãos são subsidiados pelo governo, e custam em média, C$6.000,00 por ano (4.792,14 US dólar). Para estudantes internacionais, o custo é de no mínimo C$30.000,00 (23.960,70 US dólar).

As universidades são subsidiadas pelo governo, e no caso de residentes, o custo fica em torno de C$7.500,00 por ano (5.990,18 US dólar). Para estudantes internacionais, o custo fica em torno de C$20.000,00 por ano (15.973,8 US dólar).

Tipos de escolas

Os responsáveis podem escolher por exemplo entre: Escolas públicas; Escolas particulares; Educação domiciliar; Escolas inglesas ou francesas.

Em Toronto existem quatro conselhos (ou Boards) de escolas públicas. Dois conselhos são de escolas de inglês como primeira língua: o Toronto CatholicDistrictSchoolBoard e o secular Toronto DistrictSchoolBoard; e duas francesas: o Conseil Scolaire Catholique Mon Avenir e o secular Conseil Scolaire Viamonde.

Alguns fatos sobre o sistema educacional do Canadá

  • O ano letivo tem geralmente 180 dias, e começa em setembro (depois do Labor Day – Dia do Trabalho) e termina no final de junho. As aulas também acontecem em período integral, das 8:30 às 15:30.
  • Como o período é integral, os pais mandam 2 lanches e 1 almoço para cada criança. Algumas escolas oferecem opção de almoço, mas é cobrado (as escolas não oferecem refeição).
  • Aqui as crianças vão para a escola mais perto da sua casa, mas podem solicitar matrícula em outra escola que não seja da sua área. Mas nesse caso, ela entra numa fila de espera, e se houver vaga, poderá ser matriculada. Por isso, imóveis perto de escolas mais concorridas, acabam sendo mais caros.
  • Também por esse motivo, as crianças geralmente vão à pé para a escola. Mas o ônibus escolar só é oferecido para crianças que moram mais longe da escola.
  • A escola fornece livros didáticos e materiais. Os pais geralmente só precisam comprar caderno e lápis.
  • Algumas escolas exigem uniforme (aqui em Toronto, geralmente as escolas particulares e as católicas).
  • Muitas escolas oferecem programas para crianças com necessidades especiais, sejam elas físicas, cognitivas ou psicológicas
  • Os professores fazem chamada no início da aula, então se a criança não estiver na sala, os responsáveis recebem uma ligação da escola avisando que a criança não foi a aula e pedindo uma justificativa. Por isso, os responsáveis devem comunicar ao professor/escola quando a criança precisar faltar por algum motivo.
  • No inverno, as escolas podem fechar por 1 ou mais dias por conta das tempestades de neve, e os alunos são avisados pela escola ou rádio/televisão.
  • A maioria das escolas oferecem programas extra-curriculares, como esportes, artes ou hobbies. Mas essas atividades acontecem fora do período normal das aulas. Além disso, por causa do grande número de imigrantes, as escolas oferecem aulas de inglês para os alunos que precisam de reforço.
  • As escolas aqui sempre fazem passeios em museus ou cidades vizinhas. Além disso os pais que quiserem participar mais da vida escolar dos filhos, podem se voluntariar para participarem das atividades na escola.

 

Espero que tenham gostado do post! Se ficou alguma dúvida, por favor deixe nos comentários!

Leave a Reply

%d bloggers like this: