The Strong National Museum of Play

“Play is our brain’s favourite way of learning.”

“Brincar é a maneira favorita de aprender do nosso cérebro.”

– Diane Ackerman

Eu ainda não tinha viajado com a pequena pra ficar mais de um dia fora. Fizemos alguns bate-volta, e eu sempre com medo de como seria uma viagem mais longa, se ela estranharia o hotel… coisas de mãe, né? Mas no mês passado resolvemos tentar, e passamos um fim de semana em Niagara. Ela amou, e fiquei mais tranquila. Então, no mês passado, fizemos uma viagem de fim-de-semana super gostosa aos EUA.

Ficamos em Buffalo no sábado, e no domingo, partimos para The Strong National Museum of Play, em Rochester, NY. O museu tem a maior coleção de “brinquedos” do mundo, com mais de 400,000 itens em exposição, super interativo, com áreas de leitura e jogos.

Levamos 1 hora pra chegar, e “almoçamos” lá mesmo antes de começar o passeio. O “almoço” está entre aspas porque lá dentro só tem opção de lanche. O museu tem uma praça de alimentação em frente à bilheteria, com Pizza Hut (as opções são pizzas individuais, sabor queijo ou pepperoni), Taco Bell, Subway e Loui’s Sweet Shop, que serve sorvetes e milkshakes (deliciosos, diga-se de passagem). Bem na entrada do Museu também tem o Bill Gray’s Restaurant no vintage Skyliner Diner, com opções de hambúrguer, cachorro-quente e milkshakes.

Chegando lá, fiquei impressionada com o exterior do museu, e logo na entrada, eles tem um carrossel e um aquário lindos. Aliás, o museu tem 2 “rides”: o carrossel e um passeio de trenzinho. Você paga U$1.00 por criança, e o adulto acompanhante (no caso de criança pequena) não paga. A minha amou os dois, principalmente o trenzinho.

DSC_1123

O museu é E-N-O-R-M-E, e (já falei?) super interativo. Nós ficamos mais de 4 horas, e eu já estava exausta, mas ficaria mais tempo. Não consegui ver tudo, e se formos novamente (espero que em breve), iremos no sábado, para podermos aproveitar mais.

DSC_1144

O museu tem dois andares, e começamos pelo 2o andar (vale dizer que tem elevador), porque eu vi que eles tinham uma parte de automóveis (Build, Drive, Go). Foi difícil sair de lá (a minha pequena também ama carros). Ali tem um sinal (é farol que chama, pro pessoal de SP?) gigante, que dá pra tirar uma foto bem legal, um carrinho de madeira sensacional, com chave pra ligar, setas, cambio de marchas, freio e acelerador… e tudo com som e luzes. A pequena não queria sair dali de jeito nenhum. Nem eu. Muito legal mesmo.

Ali também tem uma área que parece uma casinha, com cozinha, mesa de jantar, máquina de lavar e secar que “funcionam” (a criança pode colocar pedaços de tecido e as luzes acendem como se estivessem ligadas), casinha de cachorro e um jardim com flores de tecido que a criança pode “colher” e depois “plantar” de novo.

Eles tem uma coleção enorme de brinquedos antigos, bonecas, carrinhos… muito interessante para as crianças mais velhas ou para os adultos. Nesse andar também fica uma exposição de video games (eGame Revolution), com uma coleção incrível de games antigos e com muitos jogos tipo fliperama/pinball. Alguns são de graça pra jogar, mas outros precisam de tokens, que você pode comprar na máquina (5 tokens por US$1.00).

No primeiro andar, existe uma área que parece um livro vivo, a Reading AdventurelandSuper interativa, e lindíssima, com caminhos que a criança pode percorrer, brinquedos e algumas áreas de leitura.

Ali também fica a Wegmans Super Kids Marketque é um mini supermercado. A minha pequena AMOU!! Ali ela fez compras (os produtos pareciam reais, muito bem feitos), colocando tudo no carrinho, e depois passou as compras no caixa (com leitor de código de barras, caixa e até a notinha no final).

Eles tem muitas outras atrações, (você pode conferir a lista das exibições aqui), e além de tudo isso, ainda tem um borboletário (que também ficou pra próxima visita).

O museu tem uma loja de souvenirs bem interessante, mas achei os preços super salgados.

Conclusão: A minha filha vai fazer 3 aninhos, e amou, e nós adultos (apesar do cansaço), também curtimos demais. Mal posso esperar para voltar. Eu acho que crianças menores não iriam curtir tanto, mas para a partir dos 2 anos – 2 anos e meio, tem muita atividade, e seria um ótimo passeio para a família toda.

Onde:

1 Manhattan Square Dr, Rochester, NY 14607, USA

Quanto:

A entrada só para o museu custa US$15.00 para maiores de 2 anos, e crianças com menos de 15 anos tem que estar acompanhadas de um adulto.

A entrada para o museu + o jardim de borboletas custa US$20.00 para maiores de 2 anos.

O estacionamento é de graça no museu (conseguimos estacionar sem problemas), mas se estiver lotado, tem estacionamento perto (mas pago).

Horário:

Segunda – Quinta: 10:00 – 17:00

Sexta e Sábado: 10:00 – 20:00

Domingo: 12:00 – 17:00

You may also like...

Leave a Reply

%d bloggers like this: